• imagem email contato@ofirconsultoria.com.br
  • imagem celular +55 (83) 9 8790-1544
Blog

A nova economia – mudamos na dor ou por amor

O Vale do Sílicio foi um dos grandes responsáveis por criar grande parte das profundas transformações da nova economia da última década. E com certeza vai continuar interferindo na forma como a sociedade global vive, trabalha e se relaciona. É uma região que tem um alta capacidade de evoluir e se reinventar, seu ímpeto criativo e empreendedor vem produzindo constantemente novas ideias, novas tecnologias e principalmente novos modelos de negócios quase que em série, um após o outro. Isso se deve muito a cultura local, que desenvolveu uma maneira diferente de criar empresas, são as chamadas start-ups, projetadas para crescer rápido e impactar em escalas mercados gigantes, atingindo muita, muita gente, surgiram lá a Apple, Uber, Google, Facebook, entre outros …

Mas por incrível que pareça toda essa inovação, automação e tecnologia que borbulha e se vive todos os dias, tem como a rebelião, conhecimento e capital as bases fundamentais para o sucesso desse local. Todo esse sistema inovador tem ainda a Tesla do seu fundador Elon Musk e a Draper University, capitaneada pelo empreendedor Tim Draper que fundou uma escola de negócios por entender que a tradicional Stanford já não entregavam profissionais que o mercado precisava, “todo empreendedor é um herói” disse Draper. Fazendo um rápido paralelo com o nosso mercado, a dor que estamos vivendo, acelerou, guardadas as suas devidas proporções a entrada de muitas empresas para a NOVA ECONOMIA, não foi uma decisão estratégica, muitos só migraram para a ponta do iceberg do mundo digital por pura necessidade de não ter outra alternativa nesse momento. Chamada também da Quarta Revolução Industrial por Mauricio Bevenutti, em seu livro INCANSÁVEIS de um lado tínhamos ou até ainda tem o modelo tradicional, do outro as novas empresas como as start –ups vão evoluir e crescer mais isso acontece porque estas novas formas de fazer negócio atendem as demandas atualizadas do comportamento do consumidor, surgem avassaladoramente e acabam com modelos que até pouco tempo víamos como “normais”, Kodak morreu para fotografias digitais, locadoras de dvds encerraram suas atividades para o NetFlix, Hotéis sofrem com achegada do Aibnb, Housi e outros aplicativos disruptivos no mercado imobiliário de automação e de uma nova forma de locar sem ter contato nenhum com um ser humano, tudo pela plataforma, sem intermediadores. Agora, repito que ainda movido pela dor, empresas e os frellas recebem alta demanda de novos sites, com lojas virtuais, o Magazine Luíza inova com vendedores virtuais que vão melhorar o faturamento da empresa, agrega valor financeiro para quem está precisando nesse momento tão difícil.

A sua empresa, vai ter migrar para o digital, no caso das Incorporadoras e Imobiliárias, que já estão nelas, novas adaptações serão muito necessárias, como as apresentações virtuais em 360 graus, seja de imóveis em lançamento ou de imóveis que estão prontos no estoque pedindo liquidez, vídeos profissionais, chat bots inteligentes, enfim tudo que possa gerar uma experiência positiva para o prospect. Caso você ainda não tenha nada disso, contrate uma consultoria especializada para que te auxilie no desempenho de um site com SEO, atuar nas plataformas digitais de rede social, google ads e no mínimo uma ferramenta de gestão adequada para seu acompanhamento do seu novo mundo em um mundo que já não é tão novo assim. Ainda dá tempo, mas é preciso começar, dar o primeiro passo. Como diz o ROMEO BUSARELLO, “a sensação é que o passado está cada vez mais distante e que o futuro está cada vez mais presente”.

Estou no mercado imobiliário desde 1996, então a gente tem aí 24 anos de mercado e uma sequência de experiências de trabalho, que me fizeram chegar até aqui e me deixaram vivo dentro desse mercado, porém desde 2016 até hoje a mudança e a velocidade que tive nos resultado em meu negócio e que gerei em outros negócios imobiliários e construtoras com o marketing digital, foi fora do comum e com esse treinamento quero ajudar você a direcionar seu negócio para o "oceano azul".

Cadastre-se para receber novidades sobre o mercado imobiliário!